A chuva veio pra lembrar…

Preparo um café e sento, lembro que prometi reler os rascunhos para termina-los e finalmente publicar, ultimamente tenho visto tanta gente por aqui, alguns pedidos, outros agradecimentos de encher a alma. Já vai fazer um ano que resolvi ter um bloco de notas online e só recebi coisas boas.

Começou a chover forte por aqui, de repente o sol saiu e aquele calor seco se foi. Resolvo desligar o ventilador só pra sentir o vento fresco entrar pela janela, deixo só uma frestinha aberta e já sinto o cheiro da chuva misturada com o aroma forte do café que quase sempre sai ruim – dessa vez ficou bom.

Parei só pra ficar  olhando a chuva cair, de repente parece que tenho tempo de novo. Talvez eu sempre o tenha mas vivo fazendo coisas demais e jogando a culpa sempre nele.

Dessa vez os rascunhos ainda continuarão lá com os inúmeros assuntos que começo e não termino, jajá eu termino mas por agora só preciso estar aqui: sentada com meu café, ouvindo a chuva, pensando em nada.

Daqui do andar de cima da pra ouvir as buzinas, os passos da pressa e os guarda-chuvas se abrindo. Por que essas pessoas estão correndo tanto? Banho de chuva é tão bom! Se eu tivesse tempo estaria lá…

De repente o dia ficou tão leve, embora as nuvens estejam tão carregadas. A chuva veio pra lembrar que a tempestade também passa pra lavar, pra limpar, deixar ir.

O telefone do escritório parou de funcionar, os e-mails pararam de chegar e até o celular desligou… Não é que a tempestade veio e trouxe um pouco de paz?

Anúncios

Comente aqui sobre essa nota ↓

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s