Daqui

Aqui no cantinho da nossa casa o silêncio veio fazer visita. O vento passou pela cortina só pra mostrar à vista linda que se tem daqui, veio lembrar de desligar a TV pra poder ligar o mundo.

Daqui senti dezembro chegar, a idade avançar e as conquistas que somaram até aqui. 

Sem tantas promessas para o próximo ano, daqui não se pode ter mais tantas cobranças… A brisa leve    entrou de mansinho, pediu licença, deixei entrar. Pode vim pra me lembrar que a vida é como ela, suave, confortante, passageira e não vale a pena correr tanto.

Paciência, Isabela. A vida exige paciência.

Daqui dá pra ver o por do sol, dá pra ouvir os carros passando longe, dá pra ouvir o vizinho chegando, dá pra ouvir o miado do gato pedindo carinho. Daqui dá, sempre deu é sempre vai dar.

Dá pra lembrar dos dias que passaram, do dia como está. Da pra acreditar que amanhã sempre pode melhorar. Acreditar.

Daqui…

  

Anúncios

Um pensamento sobre “Daqui

Comente aqui sobre essa nota ↓

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s